Nos dias atuais, a meditação se tornou uma válvula de escape e uma forma de garantir paz, equilíbrio e saúde para uma vida conturbada. Aprenda algumas técnicas de meditação, descubra boas razões para meditar e entenda o que esta prática pode proporcionar à sua vida.

Técnicas de meditação budista

O budismo é uma forma de vida que existe há muitos séculos, e cada vez mais pessoas se interessam por esse estilo de existir. Por conta disso, as técnicas de meditação budista têm se popularizado.

Técnicas de respiração para meditação

Saber como respirar adequadamente é fundamental para a arte de meditar, e é justamente por esse motivo que dominar as técnicas de respiração para meditação é tão importante para os praticantes dessa atividade.

Técnicas de meditação para ansiedade

técnicas de meditação para ansiedade

Segundo uma pesquisa da OMS, o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas que sofrem de ansiedade. Esse distúrbio afeta a vida de milhares de pessoas. Para combatê-lo, uma ótima opção é utilizar técnicas de meditação para ansiedade.

Técnica de meditação mindfulness

técnicas de meditação mindfulness

A técnica de meditação mindfulness, também conhecida como “atenção plena”, é um tipo de meditação e relaxamento muito popular. Tem como base os preceitos meditativos do Budismo

Técnicas de meditação para iniciantes

técnicas de meditação para iniciantes

Se você está procurando sair do estresse da rotina diária, as técnicas de meditação para iniciantes são ideais. Por meio delas, você conseguirá se desligar da correria do dia a dia e fortalecer o seu contato com o universo.

Boas razões para meditar

Viver em uma sociedade como a nossa, que exige, cobra e pressiona, meditar se tornou uma fuga, uma forma de nos libertar e de viver bem consigo mesmo e com o mundo. Só para se ter noção, mais de 30% da população mundial sofre de ansiedade e mais de 90% sofre de estresse, segundo dados da Organização Mundial de Saúde. Isso sem considerar sintomas como a depressão e outras patologias que prejudicam a nossa saúde mental e física.

Mas por que tudo isso acontece? Não é uma pergunta fácil de ser respondida, considerando a sua complexidade sociológica, mas fatores como padrões e modelos de sucesso, por exemplo, colaboram para que as pessoas se sintam péssimas e frustradas quando não atingem certos objetivos e expectativas.

Diante desse caos que vive o mundo, conhecer algumas técnicas de meditação se tornou fundamental, ao menos para garantir à nossa vida o mínimo de paz interior e qualidade, já que meditar traz uma série de benefícios para o nosso corpo e para a nossa mente e espírito.

Benefícios da Meditação

  • Melhora o sistema respiratório;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Potencializa o nosso poder vital;
  • Combate o estresse;
  • Combate a depressão;
  • Combate a ansiedade;
  • Alivia dores crônicas;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Aumenta o poder de consciência;
  • Aumenta a sintonia entre corpo e mente.

Dicas para começar com meditação

Pense na meditação como uma corrida que você deseja fazer todos os dia. De início, você irá correr uns 30 minutos, contudo não fará este tempo da melhor maneira e poderá, com isso, cansar. Mas à medida que você vai correndo, correndo e correndo todos os dias, você vai perceber que vai melhorando e conseguindo resultados mais eficientes.

Funciona da mesma maneira com a meditação. Você precisará praticar aos poucos para que atinja os resultados que você almeja. O ideal, de início, é que você siga as seguintes dicas básicas:

  1. Para meditar, escolha um local calmo e tranquilo e livre de qualquer interrupção;
  2. Se possível, medite ao nascer ou ao pôr do sol, pois são estes os horários mais recomendados pelos especialistas, exatamente porque nos possibilitam maior contato com a natureza;
  3. Se for possível, antes de meditar coloque um mantra que ajude você a focar em sua mente.

Técnicas de meditação e relaxamento

Nos dias atuais existem dezenas e mais dezenas de técnicas de meditação e respiração e aqui iremos abordar as 4 técnicas mais praticadas:

1) Meditação Zen

Etimologicamente, Zen significa sentado, portanto é uma técnica realizada de modo sentado ou na posição de lótus. Esta técnica valoriza o pensamento presente e não um pensamento em específico.

2) Meditação Vipassana

Vipassana é uma técnica que busca mostrar a natureza humana como ela é. Portanto é uma técnica que valoriza a investigação, a realidade tal como ela é, a clareza, a atenção plena. Vale-se da pranayama, da samatha e das assanas para conseguir atingir os objetivos que ela propõe.

3) Meditação consciência plena ou mindfulness

Entre todas, tendo raiz no yoga e forte influência tanto no oriente como no ocidente, pode-se considerar que esta é uma das técnicas mais praticadas em todo o mundo. Basicamente, com ela, persiste-se no pensamento presente, no agora, nas emoções, nas sensações, portanto tudo isso despido de julgamento.

4) Meditação Kindness

Tal como a maioria, esta técnica vem das tradições budistas e objetiva despertar nas pessoas o sentimento de compaixão, tanto voltado para si mesmo como para os outros. Ela é praticada de forma sentada e com os olhos fechados. Antes, porém, a pessoa é preparada para entrar no seu eu e verificar o que está lhe impedindo de ser bondosa, amorosa, gentil, etc.

Como meditar passo a passo

Como vimos, existem diversas técnicas para meditação. No entanto, a maioria delas guardam consigo alguns elementos em comum e é justamente baseando-se nesses elementos que vamos dar uma sugestão de como começar a meditar de forma simples, se concentrando apenas na sua respiração:

  1. Imaginando que você já tenha escolhido um lugar calmo, sente-se na postura de lótus (ou até mesmo em uma cadeira se preferir) e feche os olhos;
  2. A depender do tipo de meditação escolhida por você, observe a sua respiração e concentre-se nela.;
  3. Inspire, retenha o ar e expire. Todo o ciclo respiratório deve ser feito pelo nariz, com a boca fechada, mas relaxada (não tense sua mandíbula).
  4. Observe o ritmo da sua respiração. Observe o ar entrando (e impregnando seu corpo de enrgia positiva) e observe o ar saindo (e expulsando as preocupações).

Sinta o tempo e a frequência ideal para você realizar essa meditação respiratória. O importante realmente é manter uma constância, nem que seja cinco minutos ao dia. Experimente e sinta a transformação e o poder da meditação em sua vida e do seu entorno.

Certamente isso também lhe interessará:

 

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 3.7/5 (3 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário